Campanha Cuidando do Cuidador 2021: saúde mental para os profissionais da linha de frente na pandemia

março 25, 2021 Por Ana Carvalho 0

Cuidar de pacientes gravemente enfermos até a sua morte é uma fonte bem conhecida de estresse para os trabalhadores da saúde. Durante a pandemia do Coronavírus, os profissionais vêm suportando diversos fatores estressores, tais como elevada pressão sobre quem tem direito a um respirador ou não nos leitos de UTI, sobrecarga de trabalho em virtude dos recursos humanos limitados, além do sucessivo número de óbitos. Todos esses motivos levam os profissionais à exaustão emocional.

Exposição repetida à morte

É possível que a exposição repetida à morte esteja associada a maiores proporções de trabalhadores da saúde com exaustão emocional. Como possíveis explicações, estão o sentimento de fracasso e o envolvimento emocional do profissional da saúde com os pacientes e suas famílias.

É o caso da enfermeira Cleonice Monteiro, que atua há 20 anos com pessoas idosas e trabalha diretamente com um dos principais grupos de risco para a Covid. Numa instituição de longa permanência para idosos, conhecido por grande parte da população como residencial de idosos, um dos principais fatores de estresse é conviver com a falta de compreensão dos idosos sobre a pandemia e sua relação com o isolamento social, especialmente aqueles com declínio cognitivo.

“Eles interpretam este distanciamento dos familiares, como se eles os tivessem abandonado, o que não é real. Este distanciamento atende a protocolos sanitários como uma das medidas de proteção aos idosos. Mesmo diante das bandeiras, as visitas presenciais são distanciadas, sem permissão de contato físico de qualquer natureza. Isso é muito doído para os idosos, familiares e para nós, que presenciamos e manejamos, continuamente, a situação”, conta.

Pressão e emoção à flor da pele

Pensando nisso, este é o segundo ano consecutivo que a Consonare realiza essa ação conjunta. Em 2020, foram atendidos mais de 50 profissionais da saúde, em especial enfermeiros e técnicos de enfermagem. “Na ocasião, presenciamos profissionais que estavam sofrendo emocionalmente sem ter condições de olhar para si mesmos. Nosso propósito foi alcançado aliviando o stress”, cita.

Na Campanha Cuidando do Cuidador deste ano, estão sendo oferecidas diversos tipos de terapia integrativa, entre as quais: Limpeza Quântica, Terapia Multidimensional, Psicanálise Integrativa, Thetahealing, Terapia Quântica, Terapia P2E – Terapia Psicoenergéticaemocional, Alinhamento Energético dos Chackras com Cristais, Psicologia Sistêmica, Constelação Familiar, Reiki, Cristaloterapia, Auriculoterapia, Barras de Access e Auramaster. Com exceção das Barras de Access, as demais terapias são realizadas no formato online.

Para ter acesso aos terapeutas participantes da Campanha, o profissional de saúde interessado por de acessar o instagram @consonare_oficial ou fazer contato com o profissional pelo site www.consonare.com.br.

Informações à Imprensa:
Ana Carvalho
(41) 99604-2102