Conheça o yoga e reconecte-se consigo mesmo

junho 21, 2019 Por Ana Carvalho 0

Por que tratar de yoga como prática integrativa? Quem nos explica é Rodrigo Bora, que escreveu esse artigo e começou a praticar yoga em 2011 com seu professor Brahmarsi Das. Com ele, estudou diferentes estilos de yoga, filosofia e sânscrito.

Conheceu a meditação Vipassana como ensinada por S.N. Goenka em 2012 e desde então vem buscando manter uma prática diária de 2 horas dessa meditação, além das práticas de ásanas, kriyas e pranayamas. Começou a dar aulas de yoga em 2016 na Universidade Federal do Paraná (UFPR), sempre buscando desenvolver uma prática de yoga condizente com Vipassana, que considera ser a trilha para a Verdadeira Libertação.

O que é o yoga

O yoga é prática espiritual que surgiu há mais de 5.000 anos na Índia. O objetivo dos primeiros praticantes de yoga, os antigos mestres que viviam no topo das montanhas e no interior das florestas, não era desestressar, curar doenças, ficar com um corpo mais bonito e atlético, ter alta performance nem nada assim. Os yoguis buscavam a Iluminação, conceito esse muitas vezes entendido como a experiência da Verdade, a experiência de Deus. Em essência, o yoga é um caminho universal de espiritualidade que busca a união do Ser com algo Maior.

Para se atingir essa união, foram desenvolvidas diferentes técnicas e metodologias, e uma delas é a prática de um conjunto de posturas físicas em determinadas sequências. As posturas, que muitas vezes são confundidas com a prática toda, são apenas isso, um dos vários elementos do yoga.

Conexão corpo e mente

A parte física do yoga traz muitos benefícios terapêuticos para a o seu praticante. Ela não apenas desenvolve flexibilidade e força, mas também ajuda na prevenção e no tratamento de diferentes doenças.

Com o uso da respiração consciente, a conexão do corpo com a mente é trabalhada nas posturas físicas, trazendo benefícios para a saúde mental e emocional. Todos esses benefícios são “efeitos colaterais positivos” do processo de transformação interior que o yoga proporciona. E essa transformação não demora para começar.

Espiritualidade por meio da auto-observação

Se você nunca fez yoga com um professor de yoga (e não apenas de posturas), pode achar estranho a ideia de exercícios físicos estarem relacionados com um caminho de espiritualidade, mas após a primeira aula perceberá que sim, deu o primeiro passo no caminho. A sua transformação começou e o seu velho eu já ficou para trás.

Uma sensação que se tem após começar a trilhar o caminho do yoga é de reconexão consigo mesmo. Vamos nos observando por ângulos novos e antes inimagináveis. Vamos nos conhecendo de verdade e, assim, conhecendo a Verdade. Vamos nos conectando com nós mesmo e acabamos descobrindo que estamos nos conectando com Deus, pois a sua busca é uma busca interior!

E essa busca é para todos, porque o yoga é para todos. Todos podem praticar yoga, independentemente da idade ou das suas limitações físicas, mas é importante dizer que cabe a um professor preparado fazer as devidas adaptações necessárias à realidade de cada aluno.

Rodrigo Bora ensina yoga na UFPR e dá aulas particulares.

No instagram, você encontra o instrutor de Yoga com o perfil @rodrigoborayoga